O Black voltou!

Se você já passou pelo processo de Transição Capilar e decidiu assumir os cabelos crespos, uma das opções é o famoso black power. Característico dos anos 60 e 70, o “black” voltou com tudo e está fazendo a cabeça de milhares de manos e manas. Veja abaixo quatro dicas DE OURO para o arrasar com o seu black power.

1 – Aceite o frizz

A primeira coisa a se fazer é abraçar o frizz natural do seu cabelo. Como o black power funciona nos fios do 3B ao 4C, alguns cabelos podem formar cachos, sim. Pela popularização de técnicas, como a fitagem, ainda existe certa resistência na aceitação do frizz, mas ele não é vilão e muito menos sinônimo de madeixas mal cuidadas ou rebeldes. O frizz é o melhor amigo do volumão e uma das principais características das crespas e cacheadas. Comece uma parceria com o frizz e pode ter certeza que não vai se arrepender!

2 – Capriche no corte

O corte do black power precisa ser arredondado, podendo variar de tamanho sendo acima ou abaixo dos ombros em camadas. A melhor maneira de cortar o modelo é com o cabelo seco para evitar surpresas dos fios ficarem curtos demais e também para respeitar o formato que dá vida e volume ao corte. Você também pode apostar na franja que combina muito com esse tipo de estilo.

3 – Umectação é vida

O segredo de um cabelo crespo bem tratado sem dúvida nenhuma é a umectação. Os banhos de óleo vegetal podem ser feitos como pré-poo, para um tratamento mais profundo, ou apenas adicionar seu óleo preferido ao creme de hidratação para um resultado mais rápido. É sempre bom usar os óleos nas finalizações e revitalizações também, diferente dos lisos, óleo nos fios crespos nunca é demais.

4 – Finalizando…

Como o corte do black power é arredondado, é importante não repartir o cabelo durante a finalização. A prática de repartir as madeixas é tradicional no Brasil, mas no caso do black power, o melhor é finalizar sem fazer a conhecida risca. Assim, o cabelo ficará com um movimento mais natural e o caimento será de fios livres facilitando o estímulo de volume.